Descubra qual o regime tributário ideal para sua autopeças

Descubra Qual O Regime Tributario Ideal Para A Sua Autopeca Blog - Recuperação de Impostos | Arte Fiscal

Escolher corretamente o regime tributário de sua autopeça pode ajudar a reduzir custos.

Conhecer os diferentes tipos de regime tributário é essencial para estar em dia com as obrigações fiscais em sua loja de autopeças. Leia o nosso artigo para saber mais.

A escolha do regime tributário adequado, conforme as necessidades e objetivos do empreendimento é a primeira etapa para iniciar um negócio.

Em todos os setores e nichos de mercado, é indispensável estar em conformidade com a legislação fiscal e buscar as alternativas mais vantajosas para cumpri-la.

No ramo das lojas de autopeças, a adequação dessa escolha se torna ainda mais evidente. Pode-se obter diversos benefícios em relação à redução de custos e à otimização de processos.

Quer ajuda para fazer uma revisão tributária da sua empresa?

A Planrec pode ajudar você a recuperar seu dinheiro, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.

Uma classificação incorreta pode ser extremamente prejudicial, provocando uma série de perdas e, até mesmo, sanções em decorrência do pagamento errôneo de impostos.

Para aumentar sua lucratividade e melhorar os índices de gestão em sua empresa, é imprescindível possuir e aplicar esse conhecimento.

Não se tratam de conceitos muito complexos, mas há alguns detalhes que devem ser inteiramente compreendidos para garantir seu sucesso.

Com o objetivo de ajudá-lo nessa tarefa, falaremos, hoje, sobre o regime tributário e como classificar seu negócio de autopeças de forma condizente.

Após a leitura, você será capaz de extrair todas as vantagens das diferentes modalidades de recolhimento existentes no país.

Gostou da ideia? Então, fique por aqui e saiba tudo!

O que é regime tributário?

O conceito de regime tributário consiste no conjunto de normas e procedimentos para que o recolhimento de impostos seja feito por uma empresa.

Basicamente, os principais tributos incidentes para pessoas jurídicas são:

  • Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ);
  • Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  • Programa de Integração Social (PIS);
  • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS);
  • Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS);
  • Imposto Sobre Serviços (ISS).

O pagamento das obrigações, mencionadas acima, dependerá das características de cada empresa. Isso será determinado pelo regime tributário ao qual cada uma está sujeita.

Segundo a legislação vigente, os tipos pelos quais se pode optar são:

  • Lucro Real: trata-se de um sistema de maior complexidade, geralmente utilizado por empresas de grande porte, com faturamento anual maior do que R$ 78 milhões. Nele, o valor do lucro líquido é utilizado como base para o cálculo do IRPJ e da CSLL;
  • Lucro Presumido: nesse regime, para o cálculo das alíquotas, que vão de 9% a 15% para o IRPJ e a CSLL, é utilizada uma projeção de lucro. Para os demais impostos, os cálculos são feitos mensalmente. Empresas com faturamento até R$ 78 milhões podem utilizar esse modelo;
  • Simples Nacional: este é, sem dúvidas, o regime tributário mais comum entre micro e pequenas empresas. Com um limite de faturamento anual de R$ 4,8 milhões, suas alíquotas são menores, e o pagamento é facilitado por meio de guia única, o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional).

Quais são as alíquotas do regime tributário do Simples Nacional?

Essa informação dependerá de alguns fatores, como as atividades desenvolvidas pela empresa. Além disso, ela cresce progressivamente conforme o faturamento.

Cada tipo de negócio deverá estar enquadrado em um anexo. Você realiza essa classificação no momento em que opta por esse regime tributário.

Veja, abaixo, como ocorre o cálculo das alíquotas:

  • Anexo I: faturamento inicial até R$ 180 mil, alíquota de 4%. Faturamento final entre R$ 3.600.000,01 e R$ 4,8 milhões, alíquota de 19%;
  • Anexo II: faturamento inicial até R$ 180 mil, alíquota de 4,5%. Faturamento final entre R$ 3.600.000,01 e R$ 4,8 milhões, alíquota de 30%;
  • Anexo III: faturamento inicial até R$ 180 mil, alíquota de 6%. Faturamento final entre R$ 3.600.000,01 e R$ 4,8 milhões, alíquota de 33%;
  • Anexo IV: faturamento inicial até R$ 180 mil, alíquota de 4,5%. Faturamento final entre R$ 3.600.000,01 e R$ 4,8 milhões, alíquota de 33%;
  • Anexo V: faturamento inicial até R$ 180 mil, alíquota de 15,5%. Faturamento final entre R$ 3.600.000,01 e R$ 4,8 milhões, alíquota de 30,50%.

Qual é o regime tributário mais adequado para minha loja de autopeças?

Antes de mais nada, é importante salientar que é indispensável obter o apoio de um escritório de contabilidade especializado para realizar esse enquadramento.

Somente um profissional especializado na área contábil poderá indicar qual é o regime tributário mais adequado ao crescimento do seu negócio.

Contudo, podemos dizer que a maioria das lojas de autopeças optam pelo Simples Nacional. Mas por que isso acontece?

O principal motivo pelo qual isso ocorre é a questão do faturamento. A maioria dos empreendimentos do setor se enquadra na categoria de micro ou pequenas empresas.

Considerando o limite de faturamento anual do Simples Nacional como R$ 4,8 milhões, é natural que a maior parte das empresas desse porte estejam classificadas nele.

Além disso, a opção por esse sistema de recolhimento traz uma série de vantagens. Confira algumas delas abaixo:

  • otimização do tempo utilizado para o pagamento de obrigações fiscais, uma vez que elas são recolhidas por meio do DAS, um documento único;
  • menores alíquotas e redução no valor de tributos a serem pagos;
  • maior facilidade de acesso a linhas de crédito de incentivo ao micro e pequeno empresário;
  • possibilidade de recuperação de valores pagos incorretamente ou em duplicidade, por meio de procedimentos simples e on-line.

Arte Fiscal: ajudando a sua loja de autopeças a pagar menos impostos e a reduzir custos

Existem diversas providências a serem tomadas no âmbito empresarial para abertura e manutenção das atividades em um negócio.

As lojas de autopeças, apesar de terem sido classificadas como serviço essencial, sofreram significativamente com o lockdown durante a pandemia.

A queda nas vendas foi impactante, e isso ocasionou perdas e decréscimos bastante desafiadores para se reverter.

Em meio a esse cenário, perder dinheiro é inaceitável. E considerando a elevada carga tributária à qual o contribuinte está sujeito no Brasil, infelizmente há esse risco.

Para que você esteja livre desse perigo, busque conhecimento sobre o que deve ser feito com quem entende do assunto.

Conte com a Arte Fiscal!

Nossa equipe conta com profissionais capacitados e experientes, que estão à sua disposição para elaborar o melhor planejamento tributário para o seu negócio.

Contate-nos e obtenha agora mesmo uma assessoria contábil e tributária personalizada e de excelência, com foco na redução de custos e o aumento da lucratividade em seu negócio.

Até logo!

Elaborar o melhor planejamento tributário para minha autopeças!

Quer recuperar agora os impostos pagos indevidamente?

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Veja também

Posts Relacionados

Dicas Essenciais Para Recuperar Crédito Tributário No E Commerce E Impulsionar Seu Negócio (1) - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Como recuperar crédito tributário no e-commerce? Dicas essenciais!

Recuperar crédito tributário no e-commerce: dicas essenciais para impulsionar suas vendas! Descubra estratégias práticas e eficazes para recuperar crédito tributário no e-commerce e alavancar suas vendas! Recuperar crédito tributário no e-commerce é crucial para otimizar seus recursos financeiros e impulsionar

Recuperação De Créditos Para Laboratórios. Como Maximizar Os Lucros E Evitar Prejuízos - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Aumente os Lucros do Seu Laboratório: Saiba Como Recuperar Crédito!

Recuperar Crédito para Laboratórios: Estratégias para Maximizar Lucros e Evitar Prejuízos Descubra como a recuperação de créditos pode transformar os resultados financeiros do seu laboratório, maximizando lucros e evitando prejuízos com estratégias eficazes e cases de sucesso. A recuperação de

Recupere Créditos Fiscais E Fortaleça Sua Transportadora! - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Recuperar Crédito Transportadoras: Guia Completo e Serviços Especializados

Recuperar crédito transportadoras: guia completo para maximizar seus benefícios fiscais Descubra como sua transportadora pode recuperar créditos fiscais de forma eficiente e assegurar uma saúde financeira robusta com nosso guia completo e prático. Recuperar crédito transportadoras é uma estratégia fundamental

Recomendado só para você
Precisa aumentar o faturamento de seu Pet Shop para manter…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top