Compensação cruzada: como recuperar créditos tributários?

Veja Como Recuperar Créditos Tributários Com A Compensação Cruzada! - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Sumário

Recupere créditos tributários com a compensação cruzada

Você sabia que é possível aproveitar créditos de pagamentos indevidos para quitar débitos sobre contribuições previdenciárias? Descubra como a compensação cruzada pode te ajudar!

A compensação cruzada é uma estratégia essencial para pagamento de débitos junto ao INSS.

Você sabia disso?

Essa possibilidade permite a utilização de créditos tributários que o contribuinte possui com a Receita Federal.

Quer ajuda para fazer uma revisão tributária da sua empresa?

A Planrec pode ajudar você a recuperar seu dinheiro, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.

Neste artigo, apresentaremos o que é, quem e quando pode ser aproveitado em sua rotina, além de como funciona o processo e os débitos possíveis para compensação.

Portanto, continue a leitura para saber mais sobre o tema!

Leia também:

O que é compensação cruzada?

Com a compensação cruzada, o contribuinte pode pagar as contribuições previdenciárias que deve usando os créditos que tem com a Receita Federal por ter pago tributos federais a mais ou errado, e o contrário também vale.

Assim, a empresa acerta as contas com o Fisco, usando o que tem direito a receber e o que precisa pagar.

Esse mecanismo foi introduzido pela Lei nº 13.670/2018 e regulamentado pela Instrução Normativa RFB nº 1.810/2018, que unificaram os regimes jurídicos de compensação e permitiram o cruzamento dos créditos, desde que atendidas certas condições.

Antes dessa lei, a compensação só era possível entre tributos da mesma natureza.

Quem e quando é possível aproveitar a compensação cruzada?

A compensação cruzada pode ser aproveitada por todas as pessoas jurídicas que possuam créditos e débitos referentes a tributos federais, desde que ambos sejam apurados, declarados e recolhidos a partir da obrigatoriedade do e-Social.

Esse sistema de escrituração digital das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas entrou em vigor em janeiro de 2018 para empresas que faturaram mais de R$78 milhões em 2016.

Já em julho de 2018, as empresas que faturaram até R$78 milhões em 2016 e não são optantes pelo Simples Nacional foram introduzidas.

Para fazer a compensação cruzada, a empresa precisa usar a DCTF Web, que é uma declaração que informa os débitos e créditos de tributos federais, previdenciários e de outros órgãos e fundos.

A DCTF Web substituiu a GFIP, que era uma guia que reconhecia a dívida e o crédito previdenciário — ela começou a valer em agosto de 2018 para as empresas maiores e em abril de 2019 para as empresas menores.

Como funciona esse processo?

Aqueles que pensam em realizar a compensação cruzada devem realizar algumas ações específicas para esse processo.

Sendo elas:

  • Utilize o PER/DCOMP Web;
  • Informe os dados do crédito que pretende ser utilizado;
  • Informe os dados do débito que pretende quitar.

Vale destacar que o crédito e o débito devem ter período de apuração posterior à utilização do e-Social e da DCTF Web para serem passíveis de compensação cruzada.

Dessa forma, após o preenchimento e transmissão do documento, o contribuinte deve aguardar a análise da Receita Federal, que pode homologar ou não homologar o pedido de compensação.

A homologação é feita de forma automática, no prazo de 15 dias, se não houver pendências ou inconsistências nos dados informados.

Caso contrário, a homologação depende de uma verificação manual, que pode levar até 5 anos.

Por outro lado, se a compensação for homologada, o débito é extinto e o crédito é utilizado. Se a compensação for não homologada, o contribuinte é comunicado dos motivos e intimado a pagar o débito em até 30 dias.

Mas, afinal, quais débitos podem ser compensados?

A fim de usufruir do benefício da compensação cruzada, é preciso compreender quais os débitos e créditos que estão envolvidos nesse processo.

Segundo a legislação, os débitos são os seguintes:

  • Débitos de contribuições previdenciárias patronais, descontadas dos trabalhadores, devidas a outras entidades e terceiros, e relativas à retenção de 11% sobre notas fiscais de serviços, com créditos de tributos administrados pela Receita Federal.
  • Débitos de tributos administrados pela Receita Federal com créditos de contribuições previdenciárias patronais, descontadas dos trabalhadores, devidas a outras entidades ou fundos e relativas à retenção de 11% sobre notas fiscais de serviços.

No entanto, existem algumas restrições para a compensação cruzada, como:

  • Impossibilidade de compensar débitos de contribuições previdenciárias e créditos de tributos administrados pela Receita Federal referentes a períodos de apuração anteriores ao início do uso do eSocial e da DCTF Web;
  • Impossibilidade de compensar débitos de tributos administrados pela Receita Federal e créditos de contribuições previdenciárias referentes a períodos de apuração anteriores ao início do uso do eSocial e da DCTF Web;
  • Impossibilidade de compensar débitos de tributos sujeitos ao recolhimento mensal por estimativa, como IRPJ e CSLL, com créditos de qualquer natureza;
  • Impossibilidade de compensar débitos de tributos apurados no momento do registro da Declaração de Importação;
  • Impossibilidade compensar débitos de tributos que já tenham sido encaminhados à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional para inscrição em Dívida Ativa da União.

Além disso, não é possível obter a compensação de créditos de terceiros, de título público, de crédito-prêmio do IPI, de decisão judicial não transitada em julgado ou de alegação de inconstitucionalidade de lei, salvo nos casos previstos na legislação.

Por que é importante ter apoio de especialistas em recuperação de impostos?

Para recuperar créditos tributários e pagar menos impostos, a empresa pode fazer a compensação cruzada.

Mas, como vimos, esse processo não é simples: ele tem muitas regras, etapas e riscos que exigem saber muito sobre o assunto.

Por isso, é bom ter a ajuda de especialistas em recuperação de impostos, que podem fazer tudo o que é preciso: desde encontrar os créditos e débitos que podem ser compensados, até enviar o PER/DCOMP Web, analisar as leis, os documentos e as obrigações acessórias.

Afinal, os especialistas em recuperação de impostos também podem dar dicas e ensinar a empresa a usar bem a compensação cruzada, sem fazer nada errado ou ter problemas com a Receita Federal.

Nós, da Planrec Gestão Tributária, contamos com especialistas em recuperação de impostos e utilizamos a tecnologia para tornar os processos mais eficientes.

Assim, podemos oferecer todo o suporte necessário para nossos clientes.

Portanto, converse conosco e veja como podemos te ajudar!

Realize a compensação cruzada em sua empresa!

5/5 - (1 vote)
Recupere Seus Impostos Nexxo Consultoria Empresarial.jpg - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Veja também

Posts Relacionados

Entenda A Tributação Para Autopeças E Impulsione Seus Lucros! - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Entenda a tributação para autopeças e transforme sua loja!

Aumente seus lucros entendendo a tributação para autopeças! Aprenda sobre a tributação para autopeças e como ela pode impactar sua loja. Descubra estratégias para aumentar seus lucros! As autopeças são produtos essenciais para o funcionamento e a manutenção dos veículos. 

5 Problemas Fiscais Mais Comuns Em Empresas E Como Evitá Los - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

5 Problemas fiscais que você DEVE evitar

Os 5 problemas fiscais mais comuns e como evitá-los Navegue através dos problemas fiscais e aprenda como fugir de forma correta para o bem da sua empresa. Os problemas fiscais são situações que acabam afetando diversas empresas, e isso acontece

Precificação De Medicamentos Como Deve Ser Feita (1) - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Precificação de Medicamentos: Eficiência e Lucratividade

Precificação de medicamentos: Como fazer de forma inteligente e lucrativa Navegue pelas oportunidades da precificação de medicamentos e descubra como otimizar seus lucros. A precificação de medicamentos é uma das tarefas mais cruciais para qualquer farmácia ou drogaria.  Determinar o

Recomendado só para você
Imposto de Renda 2024: principais informações sobre declaração, prazos e…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top