O ICMS é um problema para o seu pet shop?

Descubra Se O Icms E Um Problema Em Seu Pet Shop Blog - Recuperação de Impostos | Arte Fiscal

Descubra se o ICMS é um problema em seu Pet Shop

O ICMS é um imposto importante para qualquer negócio e as mercadorias comercializadas, por isso é essencial saber se ele não está ocasionando problemas para o seu pet shop.

Quem tem um pet shop precisa fazer o pagamento de diferentes impostos, como é o caso do ICMS.

Nesse caso, fica a questão: será que esse impostos é um problema para o seu negócio nesse segmento?

Como o Brasil é um país no qual a carga tributária é muito alta, uma das maiores do mundo, é essencial tomar muito cuidado.

Quer ajuda para fazer uma revisão tributária da sua empresa?

A Planrec pode ajudar você a recuperar seu dinheiro, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.

Afinal, o pagamento errado de um imposto pode ocasionar sérios problemas financeiros, então é necessário o máximo de atenção.

Caso você já tenha um pet shop ou ainda esteja pensando em abrir um, é preciso atentar-se a essas questões tributárias para que tudo corra bem.

Este artigo tem como objetivo explicar o que é o ICMS e falar se esse imposto é ou não um problema para o seu pet shop.

Vamos lá!

O que é o ICMS?

A primeira coisa sobre a qual vamos falar é a respeito do que é o ICMS, ou seja, o famoso Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços.

Esse é um tributo que sempre incide diretamente sobre toda e qualquer movimentação de mercadorias de uma forma geral.

Com isso, é possível então criar uma lista com todos os produtos, dos mais distintos segmentos, que sofrem com a incidência desse imposto.

É o caso de produtos eletrodomésticos, dos alimentícios, dos cosméticos, dos serviços de transporte e de comunicação.

O imposto, como ele está envolvido neste tipo de venda, acaba vinculado diretamente às notas fiscais de produto eletrônico, a chamada NF-e, e as notas fiscais do consumidor, conhecidas como NFC-e.

Toda a renda que é gerada a partir da receita da incidência desse imposto então é encaminhada diretamente para o orçamento de cada estado que o recolheu.

Isso significa que nada da renda é realmente repassada para o governo federal, ou seja, para a União.

Posteriormente ele é repartido entre os estados, junto com outros tributos, sendo então possível fazer uso dessa verba para fazer investimentos diversos.

ICMS: como esse imposto é cobrado?

Um outro ponto importante a ser debatido é sobre como esse imposto é cobrado.

Esse imposto é indireto, o que significa que incide sobre o consumo, não sobre a renda.

O ICMS é sempre cobrado no momento em que uma mercadoria é vendida ou quando uma operação na qual esse tributo se aplica seja realizada.

Além disso,  ICMS é um imposto que pode ser chamado de “ad valorem”, porque o valor a ser pago por ele muda de acordo com cada situação, ou seja, é calculado com base em um percentual.

Esse imposto tem a sua regulamentação toda sob a responsabilidade dos estados, que estabelecem então as suas regras para definir quanto de porcentagem será cobrada em cada local.

O tributo estadual, portanto, varia conforme o estado, o que gera dúvidas, por exemplo, em relação à comercialização dos produtos de um estado para outro.

Como é calculado o ICMS?

É hora de falar agora sobre como o ICMS é calculado, uma dúvida ainda bastante comum entre a maioria dos empreendedores.

A primeira coisa que você precisa falar sobre o cálculo desse imposto diz respeito a qual é a alíquota que foi estabelecida no estado onde sua empresa atua.

A partir do momento em que você tem essa alíquota em mãos e ao considerar uma situação de venda normal, ou seja, dentro do seu estado, é hora de ver como é a fórmula.

A fórmula para essa finalidade é o preço do produto X a alíquota que é praticada em seu estado, que vai definir então qual é o valor do ICMS da sua mercadoria.

Digamos que você tenha um produto que tenha um custo de R$ 1 mil e que sobre ele há a incidência de uma alíquota de 15%.

O valor do ICMS seria então de R$ 150,00.

Porém é importante lembrar que as formas de cálculo desse tributo pode variar de acordo com o produto que está sendo comercializado, existência de incentivos fiscais, tipo de operação, dentre outros.

Será que o ICMS é um problema em seu pet shop?

A partir do momento em que você aprende a como fazer o cálculo do ICMS das suas mercadorias, fica fácil saber se o imposto é ou não um problema.

Se o local onde encontra-se o seu pet shop, ou seja, o estado em que seu negócio está cobra uma alíquota muito alta desse imposto, isso pode ser um problema.

Afinal, você precisará colocar o valor do produto mais alto para que seja possível não ter prejuízos, o que pode impactar diretamente nos clientes que seu pet shop possui.

Sendo assim, você pode acabar perdendo muitas vendas e tendo sérios problemas dentro do mercado, o que é sempre algo negativo.

Além disso, há ainda o risco de pagar indevidamente esse imposto por duas vezes, o que vai levar você a ter mais prejuízos financeiros.

É por conta disso, que você deve sempre ter o auxílio de um contador que vai lhe auxiliar a fazer os cálculos certos e impedirá o pagamento indevido de impostos.

Além disso, ele poderá avaliar se o pagamento do ICMS está ou não sendo um grande problema para o seu pet shop.

Somos uma filial da Arte Fiscal que vai ajudar na conformidade fiscal da sua empresa

Quem tem um pet shop deve estar sempre atento a todas as questões envolvendo esse tipo de negócio, como é o caso dos impostos.

Quando a alíquota do ICMS é muito alta, isso pode vir a impactar em seu negócio, ainda mais se o pagamento do imposto for feito indevidamente.

Nós, da Arte Fiscal, temos a expertise necessária para ajudar você nesse e em muitos outros assuntos relacionados ao cumprimento de suas obrigações tributárias.

Entre em contato conosco, clicando no ícone do WhatsApp, fale com um de nossos especialistas e entenda como.

Contratar um profissional para me auxiliar a cumprir todas obrigações fiscais!

Quer recuperar agora os impostos pagos indevidamente?

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Veja também

Posts Relacionados

Dicas Essenciais Para Recuperar Crédito Tributário No E Commerce E Impulsionar Seu Negócio (1) - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Como recuperar crédito tributário no e-commerce? Dicas essenciais!

Recuperar crédito tributário no e-commerce: dicas essenciais para impulsionar suas vendas! Descubra estratégias práticas e eficazes para recuperar crédito tributário no e-commerce e alavancar suas vendas! Recuperar crédito tributário no e-commerce é crucial para otimizar seus recursos financeiros e impulsionar

Recuperação De Créditos Para Laboratórios. Como Maximizar Os Lucros E Evitar Prejuízos - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Aumente os Lucros do Seu Laboratório: Saiba Como Recuperar Crédito!

Recuperar Crédito para Laboratórios: Estratégias para Maximizar Lucros e Evitar Prejuízos Descubra como a recuperação de créditos pode transformar os resultados financeiros do seu laboratório, maximizando lucros e evitando prejuízos com estratégias eficazes e cases de sucesso. A recuperação de

Recupere Créditos Fiscais E Fortaleça Sua Transportadora! - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Recuperar Crédito Transportadoras: Guia Completo e Serviços Especializados

Recuperar crédito transportadoras: guia completo para maximizar seus benefícios fiscais Descubra como sua transportadora pode recuperar créditos fiscais de forma eficiente e assegurar uma saúde financeira robusta com nosso guia completo e prático. Recuperar crédito transportadoras é uma estratégia fundamental

Recomendado só para você
Solicitar a restituição do IR pode melhorar o fluxo de…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top