Tributos no comércio varejista: reduzir seus custos nunca foi tão fácil!

Tributos No Comércio Varejista Conheça Os Principais E Saiba Como Reduzir Seus Custos - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Tributos no comércio varejista: conheça os principais e saiba como reduzir seus custos

Conheça os tributos e seja mais competitivo no comércio varejista

No comércio varejista, o entendimento dos tributos é essencial para a gestão eficiente dos negócios. 

Desse modo, conhecer os principais impostos e saber como reduzir seus custos pode fazer uma grande diferença na rentabilidade das empresas. 

Neste contexto, é fundamental compreender a complexidade do sistema tributário brasileiro e buscar estratégias inteligentes para otimizar a carga tributária. 

Quer ajuda para fazer uma revisão tributária da sua empresa?

A Planrec pode ajudar você a recuperar seu dinheiro, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.

Neste artigo, mostraremos os principais tributos no comércio varejista e apresentaremos algumas estratégias que podem auxiliar os empresários a reduzirem seus custos.

Acompanhe!

Caso queira entender melhor como a palavra-chave funciona, veja estas postagens:

Quais são os principais tributos pagos pelo varejo?

Há alguns tributos que devem ser pagos por empresas varejistas, e é muito importante que os donos e gestores compreendam quais são eles para evitar problemas com a Receita Federal.

Alguns dos principais impostos são:

IOF- Imposto de Operações Financeiras

O IOF é um tributo federal que incide sobre o câmbio, seguro, títulos, créditos e valores imobiliários.

(Além disso,)O valor para pagamento do IOF pode variar conforme a natureza de operação financeira. 

É importante mencionar que o IOF é um imposto que incide diretamente sobre o consumidor, sendo muitas vezes repassado para os preços finais dos produtos e serviços.

ICMS – Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços 

O ICMS é um tributo estadual que incide sobre a circulação de mercadorias e a prestação de serviços. 

A alíquota, por sua vez, varia de acordo com cada estado e tipo de produto ou serviço.

(Desse modo,)Além disso, é de responsabilidade das empresas recolher o ICMS e repassá-lo ao governo estadual. 

ISS – Imposto sobre Serviços

Já o ISS é um imposto municipal que incide sobre a prestação de serviços. Cada município pode estabelecer sua própria alíquota e legislação para o ISS. 

Os serviços sujeitos ao ISS são variados, como consultorias, transportes, serviços médicos, entre outros. 

O recolhimento do ISS é de responsabilidade das empresas prestadoras de serviços.

PIS – Programa de Integração Social

O PIS é uma contribuição social federal que incide sobre o faturamento das empresas. 

Geralmente ele tem uma alíquota que varia de 1,65% para empresas optantes pelo regime tributário do Lucro Real ou 0,65% para empresas optantes pelo Lucro Presumido.

Os recursos arrecadados com o PIS são destinados a programas de seguro-desemprego, abono salarial e financiamento de programas sociais.

COFINS – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social

Além disso, assim como o PIS, a COFINS é uma contribuição social federal que incide sobre o faturamento das empresas varejistas.

Sua alíquota pode variar de 7,6% para empresas optantes pelo regime do Lucro Real ou 3% para empresas optantes pelo Lucro Presumido. 

A arrecadação da COFINS é destinada ao financiamento da seguridade social, que inclui a saúde, a previdência social e a assistência social.

Quando as autoridades cobram esses tributos?

Os tributos mencionados são cobrados em diferentes momentos e formas no comércio varejista.

  • IOF: o IOF é cobrado até 30 dias após a realização de alguma operação de crédito, ele incide sobre operações como empréstimos, financiamentos, operações de câmbio, seguros, operações com cartões de crédito, entre outros;
  • ICMS: é cobrado na venda de mercadorias ou prestação de serviços. Geralmente, as empresas embutem o ICMS no preço final dos produtos e serviços, ou seja, o consumidor paga o valor do ICMS juntamente com o preço da compra;
  • ISS: O ISS é cobrado pela prestação de serviços e a alíquota varia de acordo com a legislação municipal. O valor do ISS é geralmente calculado sobre o valor do serviço prestado;
  • PIS e COFINS: ambos são cobrados mensalmente ou trimestralmente, dependendo do regime tributário adotado pela empresa. Geralmente, essas contribuições são calculadas sobre o faturamento bruto da empresa;

É importante ressaltar que cada tributo possui suas próprias regras e prazos de pagamento, e é essencial que as empresas estejam atentas a essas obrigações fiscais para evitar problemas com o Fisco. 

Como reduzir os tributos no meu varejo?

Sabemos que a incidência dos tributos no varejo pode acarretar prejuízos financeiros, contudo é possível reduzi-los com algumas práticas.

Planejamento tributário

Realizar um estudo detalhado sobre o regime tributário mais vantajoso para o seu negócio é um dos primeiros passos para reduzir os tributos.

Avalie quando é adequado optar pelo Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real, levando em consideração o faturamento, atividades da empresa e despesas tributárias.

Classificação correta de produtos e serviços

Verifique se os produtos e serviços oferecidos por seu varejo estão classificados corretamente na legislação fiscal. 

A classificação inadequada pode resultar em uma tributação maior do que o necessário.

Acompanhamento das atualizações tributárias

Esteja sempre atualizado sobre as mudanças na legislação tributária para aproveitar oportunidades de redução de impostos ou evitar penalidades pela Receita Federal. 

É fundamental consultar um contador e especialista em tributação para garantir que seu negócio esteja cumprindo corretamente todas as obrigações fiscais.

Controle de despesas e deduções

Mantenha um controle rigoroso das despesas do varejo e aproveite as deduções permitidas pela legislação tributária. 

Isso ajudará a diminuir a base de cálculo dos impostos e, consequentemente, reduzir o valor dos tributos a pagar.

Recuperar seus tributos nunca foi tão fácil!

A recuperação dos tributos pode ser possível com auxílio de uma empresa especializada, como a Planrec.

Com o planejamento tributário sempre atualizado e uma análise completa sobre os impostos que incidem seu varejo, a Planrec irá ajudar você a reduzir custos e, consequentemente, aumentar seu lucro.

Para saber como isso é desenvolvido, entre em contato com nossa equipe!

QUERO DIMINUIR O PAGAMENTO DE TRIBUTOS NO MEU VAREJO E GARANTIR O LUCRO!

Summary
 Tributos no comércio varejista: reduzir seus custos nunca foi tão fácil!
Article Name
Tributos no comércio varejista: reduzir seus custos nunca foi tão fácil!
Description
Descubra como reduzir tributos no varejo e aumentar sua lucratividade. Estratégias legais para diminuir os impostos e se destacar no mercado.
Author
Publisher Name
PLANREC GESTÃO TRIBUTÁRIA
Publisher Logo

Quer recuperar agora os impostos pagos indevidamente?

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Veja também

Posts Relacionados

Recupere Impostos No Lucro Presumido Guia Empresarial - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Lucro Presumido pode recuperar impostos? Descubra aqui!

Lucro Presumido: é possível recuperar impostos? Um guia para empresários Confira neste artigo se você pode recuperar seus impostos na sua empresa no Lucro Real  Você, empresário, que atua no regime de Lucro Presumido, já se perguntou se é possível

Recupere Impostos Em Consultórios Médicos Com Eficiência! (1) - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Como recuperar impostos em consultórios com eficiência?

Que impostos podem ser recuperados de clínicas e consultórios? Descubra como clínicas e consultórios médicos podem recuperar impostos de forma eficiente e legal. Administrar uma clínica ou consultório médico vai muito além de prestar um bom atendimento aos pacientes. Entre

Entenda Sobre Dependentes No Irpf Regras E Orientações (1) - Recuperação de Impostos | Planrec Gestão Tributária

Entenda sobre Dependentes no IRPF: Regras e Orientações

Até que idade pode ser considerado dependente no IRPF? Descubra as regras e orientações sobre dependentes no IRPF, incluindo detalhes sobre até que idade podem ser considerados. A declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) permite que os contribuintes

Recomendado só para você
Descubra os impostos e taxas que todo dono de pet…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top